14 de dezembro de 2011

Ainda Não Passou


Triste é não chorar
Sim eu também chorei
E não, não há nenhum remédio
Pra curar essa dor
Que ainda não passou
Mas vai passar!
A dor que nos machucou
E não, não há nenhum relógio
pra fazer voltar... O tempo voa!

17 comentários:

  1. Se em um dia de tristezas, tiveres de escolher entre o mundo e o amor... escolhas o amor, e com ele conquiste o mundo!
    Albert Einstein

    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  2. Oi Kika,
    Vi você no blog da Alê e resolvi dar um pulinho aqui para conhecer seu espaço. Gostei e me instalei.

    O choro alivia a alma e a dor deve ser chorada até que expurgada de nós. Um dia ela passa, como tudo passa nesta vida. O amanhã nos reserva o sol, que trará novo brilho aos nossos sonhos.
    Beijos.

    PS: Convido-a também para uma visita ao meu recanto.

    ResponderExcluir
  3. Olá.Essa é minha primeira visita ao blog.Vi seu link em outro blog e resolvi vir conhecê-lo.Adorei seu blog e já estou lhe seguindo.Seu blog é muito bem organizado e suas postagens muito bem elaboradas.Te convido a conhecer meu blog e segui-lo também.Aguardo sua visitinha!
    Bjs!
    Zilda Mara
    http://www.cacholaliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Simpática e Estimada Amiga:
    Tem um blogue da fascínio e beleza.
    O seu poema é extraordinário e perfeito.
    Ainda, atrás dizia num blogue de um amigo que não posso ver uma mulher chorar, parte-se-me o coração, é semelhante a uma criança a sofrer.
    Adorei a sua fabulosa "explosão" poética linda e pura.
    Abraço amigo de respeito por si e pelo que concebe de encanto, ternura e carinho.
    Sempre a admirá-la

    pena

    Bem-Haja, pela amizade que retribuo.
    Adorei.
    MUITO OBRIGADO pelo seu gesto simpático.

    ResponderExcluir
  5. Olá seguindo-a de volta;
    E obrigada pela visita, beijos.

    http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Boa noite minha linda amiga. Estava lendo seu post e ele me remeteu a um pensamento. Eu não acho que sentimentos tenham muito a ver com tempo. Eu amei uma vez tanto que achei que esse amor jamais acabaria. Eu deixei esse amor escapar e o tempo passou e passou e ele continuou aqui. Latente, quente, Vivo. Entendi que nada vem nem vai. O que é feito pra se sentir, fica preso em um tempo que não finda. É sempre "Agora".

    ResponderExcluir
  7. Kikinha minha linda. Adicionei seu blog no meu perfil, espero que não se importe.

    ResponderExcluir
  8. Olá Kika,grata pela visita!
    Gostei do seu blog também!
    Só o tempo para curar essa dor mas não sei se vai acabar com o sentimento...
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. Olá Kika. Adorei seu blog e para mim será um prazer segui-la. Por mais intensa que seja uma dor, um dia ela passa, e nesse ponto, o tempo é nosso aliado. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Kika,

    Primeiro agradeço a sua visita carinhosa que retribuo com muito prazer e uma grata surpresa: uma paraibana! Além de inteligentes não conheço povo mais hospitaleiro. Estou sempre por aí rrs.

    Sobre a letra destacada de Nando Reis ( adoro) é muito bonita, não fosse a dor que é. Dei uma " zoiada" rápida no seu blog e gostei muito! Parabéns pelas excelentes escolhas.


    Beijos com carinho

    ResponderExcluir
  11. Oie, retribuindo visita. Seu blog é simples e bonito viu?
    Seguindo ^^

    ResponderExcluir
  12. O tempo passa rápido mesmo. "triste é não chorar" rs legal, gostei mt do texto

    ResponderExcluir
  13. Hola,preciosas letras van desnudando la pura y genuina belleza transversal de este blog,si te va la palabra encadenada, la poesía, te invito al mio,será un placer,es,
    http://ligerodeequipaje1875.blogspot.com/
    gracias, buen día, besos numantinos...

    ResponderExcluir
  14. Olá Kika! Fiquei muito feliz com a tua visita e o teu comentário. Espero que voltes mais vezes, pois será sempre um prazer renovado. Eu, particularmente, aqui voltarei, pois, além de teres um espaço interessante, tomei a liberdade de me tornar teu seguidor, isso até quando permitires, é claro.

    O choro ainda é um grande remédio para uma dor. Se não curar, pelo menos, ameniza.

    Beijos e muita paz pra ti e para os teus.

    Rosemildo Furtado.

    ResponderExcluir
  15. Sem apego. Sem melancolia. Sem saudade.A ordem é desocupar lugares. Filtrar emoções...

    ResponderExcluir

❝Sabe, serei seu lar se quiser. Sem pressa, do jeito que tem ser."


Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Obrigada!